Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Cebola

O Rio Grande do Sul é o quinto produtor nacional de cebola

A cebola é uma das plantas mais cultivadas no mundo e é consumida por quase todos os povos do planeta. Constitui-se em um importante elemento de ocupação de mão-de-obra familiar, contribuindo na rentabilidade e viabilização de pequenas propriedades rurais.   Segundo a FAO, em 2014 o Brasil possuía a nona maior produção mundial, com uma área de 66,5 mil ha e uma produção de 1,1 milhão de toneladas.

No Brasil o cultivo está concentrado, principalmente nos estados de Santa Catarina e Bahia que contribuem por 44% da produção nacional. Em cada estado é plantada as cultivares mais adaptadas, o que permite ao Brasil dispor de colheitas praticamente o ano todo. No contexto da agricultura brasileira, a cebola tem elevada importância socioeconômica.

No Rio Grande do Sul, são cultivadas tradicionalmente espécies do grupo Baia Periforme, com sementes produzidas no próprio estado. O Estado, quinto maior produtor nacional, conta com uma produção média no triênio 2013-2015 de 15.9451 toneladas/ano, o que representa 10% da produção nacional. Os municípios maiores produtores no mesmo triênio, localizados no Litoral Sul e Serra, apresentaram uma produção média de 87.413 toneladas/ano. São eles: São José do Norte com média de 42.533 toneladas/ano, Tavares com 22.267 toneladas/ano, Rio Grande com 12.600 toneladas/ano e Ipê com 10.013 toneladas/ano. Juntos esses municípios respondem por 55% da produção total do Rio Grande do Sul.

Evolução anual da área plantada e da quantidade produzida de cebola 2013-2015 - BR e RS
tab_Evolução anual da área plantada e da quantidade produzida de cebola 2013 2015   BR e RS

Fonte: IBGE. Produção Agrícola Municipal

Arquivos para download

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul