Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Participação nas Exportações e Produtos

A intensa demanda internacional por commodities agrícolas continua influenciando as exportações gaúchas

A composição da pauta de exportações do Brasil e do Rio Grande do Sul, em especial, na última década foi influenciada pela forte entrada da China no mercado internacional. A intensa demanda deste país por commodities agrícolas contribuiu para aumentar as exportações gaúchas de produtos primários, que se caracterizam por apresentar baixo valor agregado e pouca intensidade tecnológica.

Neste sentido, em relação a composição das exportações brasileiras e gaúchas, observa-se nos últimos anos, o aumento crescente da participação de commodities - o que revela o seu bom desempenho mas também, uma tendência a perda de competitividade de outros setores de produção de bens e serviços abrindo espaço para a chamada primarização da pauta de exportações*. Prova disso é que, ao longo da última década, importantes setores exportadores de produtos gaúchos intensivos em mão de obra foram atingidos pelos novos patamares de competitividade do mercado internacional, apresentando forte queda, tendo a tradicional indústria calçadista o maior peso nessa retração. A partir de 2013, porém, a fabricação de equipamentos de transporte e de veículos automotores, aumentou seus valores de exportação e o setor calçadista apresentou uma leve recuperação.

A soja é o principal produto na pauta das exportações gaúcha.  Em 2017 foi  responsável por 26% do total, somando 4,3 bilhões de US$ FOB. Em menor valor tem-se o fumo, carnes de galos/galinhas/suínos congeladas e bagaço e outros resíduos da extração de óleo de soja. Integram a lista também produtos manufaturados como os automóveis.

Quanto à participação nas exportações, entre os municípios do RS, destacam-se especialmente Rio Grande, Porto Alegre, Triunfo e Gravataí. Todos com mais de 1 bilhão de US$ FOB.

A principal via de transporte para exportação dos produtos gaúchos é a marítima e pelo Porto de Rio Grande, chegando a um valor de 12 bilhões de US$ FOB.  Em segundo é o transporte rodoviário com saída por Uruguaiana. Demais localidades em outros estados também exportam produtos gaúchos. Itajaí em Santa Catarina (via marítima), Guarulhos e São Paulo  em São Paulo (via área) e Foz do Iguaçu no Paraná (via rodoviária) são os principais pontos com valores acima de 400 mil US$ FOB.


* IPEA. Exportações - O avanço das commodities. In: Revista Desafios do Desenvolvimento Ano 9 . nº 74. 2012.

Principais produtos e principal destino das exportações do RS - 2017
tabela principais produtos e principal destino das exportações do RS 2017
Fonte: Mdic/Estatísticas do Comércio Exterior
Nota: A tabela da pauta de exportações do RS em 2017, do Mdic, segundo a Nomenclatura  Comum do Mercosul apresenta mais de 3 mil produtos.

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul