Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Administração Pública, Defesa e Seguridade Social

Os estabelecimentos de Administração Pública, Defesa e Seguridade Social abrangem a quase totalidade dos municípios do RS

De acordo com CNAE 2.0 o segmento de Administração Pública, Defesa e Seguridade Social compreende as atividades que, por sua natureza, são normalmente realizadas pelo Executivo, Legislativo, Administração Tributária, etc., nas três esferas de Governo, e, como tal, são atividades essencialmente não mercantis, compreendendo a administração geral e a regulamentação e fiscalização das atividades na área social e da vida econômica do país; as atividades de defesa, justiça, relações exteriores, entre outras e a gestão do sistema de seguridade social obrigatória. Estão também incluídas no segmento entidades criadas por lei, com personalidade jurídica própria, que realizam atividades de suporte à Administração Pública com a finalidade de facilitar a gestão de recursos públicos, dando suporte em áreas de função típica do Estado, na execução de ações tais como: compras de bens e serviços, contratação de serviços com a finalidade de desenvolvimento econômico e social, administração e gestão de recursos humanos, etc. Funcionam como apêndice de órgãos da Administração Pública brasileira e devem ser classificados nas classes onde estão enquadrados os órgãos a que se ligam.

Segundo a RAIS1, em 2015, o Rio Grande do Sul contava com 1.166 estabelecimentos de Administração Pública, Defesa e Seguridade Social distribuídos em 496 municípios com destaque para o município de Porto Alegre com 99 estabelecimentos. O Estado é o 3° em número de estabelecimentos da Administração Pública no país, ficando atrás apenas de Minas Gerais e São Paulo que juntos são responsáveis por 25% do total.

Em 2015, no Rio Grande do Sul, encontravam-se empregados no segmento 466.256 pessoas, com concentração de 41% destes postos de trabalho somente no município de Porto Alegre. O país possui um total de 9.249.508, sendo que 18% deste total de empregados está concentrado somente no Estado de São Paulo.

 

 

1RAIS – Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego

Nota: A análise da Administração Pública foi baseada na Seção O, da CNAE 2.0, que abrange a seguinte Divisão: Administração Pública, Defesa e Seguridade Social.

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul