Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

VAB da Agropecuária

Em 2015 o RS contribui com 12% do VAB agropecuário brasileiro ocupando o primeiro lugar entre os estados brasileiros

O Valor Adicionado Bruto da Agropecuária brasileira em 2015 foi de 258 bilhões de reais. O Rio Grande do Sul contribuiu com 12,1%, isto é, aproximadamente 31,3 bilhões de reais ocupando o primeiro lugar entre os estados brasileiros.

Embora na matriz do VAB Total do Rio Grande do Sul o setor participe com somente 9,4%, esta atividade possui grande importância para a economia gaúcha, pois dela derivam inúmeros segmentos da agroindústria e há também uma grande influência da atividade no setor de exportações. O setor também possui grande importância para os pequenos municípios, onde é responsável por impulsionar inúmeras atividades, principalmente de comércio e serviços. Quarenta e seis por cento do VAB Agropecuário do Estado (R$ 14 bilhões) é oriundo de municípios com menos de 10 mil habitantes.

Os municípios de Cachoeira do Sul, Uruguaiana, Tupanciretã, Dom Pedrito, Alegrete, São Gabriel, Itaqui, Santa Vitória do Palmar, Vacaria, São Borja, Muitos Capões e Palmeira das Missões se destacaram em 2015 por apresentar VAB superior a 300 milhões de reais. A maioria dos municípios gaúchos tem o cultivo de grãos como produção principal. A exceção fica com Caxias do Sul, onde o valor do VAB da Agropecuária está associado principalmente a horticultura e criação de aves.

Valor Adicionado Bruto a preços correntes da Agropecuária no RS 2002-2015 (R$ Bilhões)
Valor Adicionado Bruto a preços correntes da Agropecuária no RS 2002-2015 (R$ Bilhões)

Fonte: FEE

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul