Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Participação dos COREDEs no VAB

Os COREDEs Metropolitano Delta do Jacuí, Vale dos Sinos e Serra concentram a maior parcela do valor da produção gaúcha.

A distribuição regional do VAB - Valor Adicionado Bruto no Rio Grande do Sul, em 2015, demonstra uma concentração espacial nos COREDEs Metropolitano Delta do Jacuí, Vale do Rio dos Sinos e Serra. O COREDE Metropolitano Delta do Jacuí é o que apresenta maior participação, principalmente devido a influência do município de Porto Alegre que contribui com 17,5% do VAB estadual.  Os três COREDEs, juntos, participam com 49,3% do VAB gaúcho, segundo a FEE RS.

A participação dos COREDEs no VAB da Agropecuária gaúcha demonstra uma maior distribuição do que o VAB dos outros setores da economia, resultado da natureza da atividade e dos vínculos históricos da mesma com determinados espaços geográficos, os quais permanecem em destaque ao longo do tempo, constituindo a base da economia na maior parte das regiões. Os COREDEs Fronteira Oeste, Sul e Vale do Rio Pardo são os que apresentam as maiores participações.  Em 2015, juntos responderam por 22,9% do valor da agropecuária gaúcha. Os destaques nestas regiões são a produção de arroz e  pecuária; hortifrutigrangeiros; fumo e grãos.

A participação dos COREDEs no VAB da Indústria confirma, ao contrário do VAB da Agropecuária, uma grande concentração espacial em torno do eixo Porto Alegre-Caxias do Sul, abrangendo principalmente os COREDEs Metropolitano Delta do Jacuí, Vale do Rio dos Sinos e Serra. Juntos, estes três COREDEs responderam, em 2015, por 58,3% do VAB da indústria do Estado, com um perfil bem distribuído por vários segmentos, sendo pólo de praticamente todos os setores industriais relevantes, com exceção de alguns segmentos ligados a agroindústria que localizam-se em outras áreas do Estado. Também se destacaram na geração do VAB industrial os COREDEs Vale do Rio Pardo e Sul com participação de 4,6% e 4,1% da produção total do estado, respectivamente.

A participação dos COREDEs no VAB dos Serviços também encontra-se concentrada em torno do eixo Porto Alegre-Caxias do Sul, com destaque para o COREDE Metropolitano Delta do Jacuí  que contribui em 2015 com 23% do total do VAB dos Serviços do Estado. É no COREDE Metropolitano, onde se localiza a capital do estado,  onde se encontram os serviços mais especializados. O COREDE Metropolitano Delta do Jacuí, juntamente com o Vale dos Rio dos Sinos e Serra, colaboraram com 52,2% do total do VAB dos Serviços do RS. Também é importante destacar o COREDE Sul com participação de 6,0% do total do VAB dos Serviços do estado. Considerando o conjunto do Estado, o VAB do segmento Comércio, manutenção e reparação de veículos automotores e motocicletas e Administração, educação, saúde, pesquisa e desenvolvimento públicas, defesa, seguridade social são os que apresentaram a maior participação com 29,4% do valor no total dos serviços.

Estrutura do VAB do RS por setores de atividade no período 2010-2015 (%)
Estrutura do VAB do RS por setores de atividade no período 2010-2015 (%)
Fonte: FEE/Núcleo de Contas Regionais

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul