Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

VAB Indústria

A indústria responde por 23,2% da economia gaúcha.

 Valor Adicionado Bruto - VAB da indústria brasileira em 2015 foi de aproximadamente 1,2 trilhão de reais. O Rio Grande do Sul contribuiu nesse montante com 6,67%, isto é, aproximadamente 77 bilhões de reais.

O Estado apresenta uma indústria diversificada que se desenvolveu a partir das agroindústrias e de outros segmentos ligados ao setor primário. Na matriz do VAB, o setor industrial do Estado responde por 23,2% do total, sendo que 16,3% é da indústria de transformação. A indústria de transformação do Rio Grande do Sul ocupa a terceira posição no ranking nacional (depois de São Paulo e Minas Gerais), com uma participação de 8,6%.

Os segmentos ligados ao mercado exportador possuem também um alto grau de concentração espacial de sua produção. O eixo Porto Alegre - Caxias do Sul polariza estes segmentos produtivos em sua grande parte. Apesar de bastante concentrada espacialmente, alguns segmentos, como o de produtos alimentares, apresentam um grau de dispersão maior pelo território gaúcho.

No ano de 2015, cinco municípios (Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Triunfo e Gravataí) apresentaram aproximadamente 34% do VAB industrial do estado, principalmente na transformação. Candiota e Pinhal da Serra se destacaram na produção e distribuição de eletricidade e Triunfo na fabricação de produtos derivados do petróleo. Os demais se concentram em fabricação de veículos automotores, produtos químicos, artefatos de couro e metalurgia.

A indústria extrativista possui uma participação pouco expressiva dentro da economia estadual, com apenas 0,2% do VAB total. As indústrias gaúchas dedicadas à extração mineral constituem-se, majoritariamente, de extração de minerais não-metálicos.O conjunto de indústrias gaúchas vinculadas ou diretamente relacionadas à construção civil participa com 5,4% do VAB nacional do segmento.

Valor Adicionado Bruto a preços correntes da Indústria RS 2002-2015
Valor Adicionado Bruto a preços correntes da Indústria RS 2002-2015

Fonte: IBGE - Contas Regionais

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul