Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Unidades de Conservação

O RS é considerado pioneiro na luta pela preservação ambiental

O conceito de Unidade de Conservação - UC, tem evoluido desde o seu surgimento, em 1872, nos Estados Unidos. Referindo-se inicialmente ao objetivo de preservação de atributos cênicos e potenciais para o desenvolvimento de atividades de lazer, passou a incorporar as noções de preservação do patrimônio histórico, de área natural protegida e, em meados do século XX, passou a considerar a idéia de conservação da biodiversidade.

Atualmente, segundo o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza – SNUC, a criação de UCs tem como objetivo preservar a biodiversidade em ambientes característicos, proteger nascentes de rios e outros mananciais, espécies raras ou em extinção e monumentos naturais. Estes espaços permitem o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, pesquisa científica, lazer e manutenção e reprodução do banco genético da vida silvestre.

As UC’s podem ser classificadas em dois grandes grupos, de acordo com a forma de uso dos recursos naturais:

Unidades de Proteção Integral - Estação Ecológica,Reserva Biológica, Parque Nacional, Monumento Natural e Refúgio da Vida Silvestre;

Unidades de Uso Sustentável - Área de Proteção Ambiental, Área de Relevante Interesse Ecológico, Floresta Nacional, Reserva Extrativista, Reserva de Fauna, Reserva de Desenvolvimento Sustentável e Reserva Particular do Patrimônio Natural. 

O Rio Grande do Sul é considerado pioneiro no trato de questões ambientais desde os anos 50 e conta, atualmente, com 113 unidades de conservação, incluindo áreas criadas por lei e ainda não implementadas. Destas, 12 são federais, 26 estaduais, 51 municipais (incluindo áreas de usos múltiplos e parque urbanos) e 24 RPPNs - Reserva Particular do Patrimônio Natural.

Evolução do nº de Unidades de Conservação criadas no RS
graf unidades conservação rs

Fonte: IBAMA; SEMA/FEPAM E FZB.
Nota: Foram incluídos no período 2000-2010, três UC's municipais sem informação de data de criação: Parque Municipal Antônio Prado; Floresta Fauna de Guaporé e Parque Municipal de Novo Hamburgo.

Arquivos para download

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul