Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Hidrovias, portos e aeroportos

O RS apresenta uma importante malha hidroviária concentrada no leste do Estado

O Rio Grande do Sul apresenta uma importante malha hidroviária, concentrada no leste do Estado, nas bacias hidrográficas do Guaíba e Litorânea. Nestas bacias estão os principais rios navegáveis utilizados principalmente para o transporte de cargas: Jacuí, Taquari e Sinos, além do Lago Guaíba e da Laguna dos Patos. O transporte de passageiros por hidrovia no Lago Guaíba foi retomado somente em 2011, depois de 50 anos de interrupção*, ligando o trecho Porto Alegre-Guaíba. Já a navegação pela bacia do Rio Uruguai e Ibicuí, seu afluente, está restrita basicamente a 27 pontos de travessia de passageiros e de veículos por sistema de balsas ou outras embarcações menores. A principal rota hidroviária do Estado encontra-se entre Porto Alegre e Rio Grande, que apresenta um calado de 5,2 metros. As cargas mais significativas transportadas em direção ao Porto de Rio Grande são os produtos petroquímicos, farelo e óleo de soja e celulose. Em direção ao Porto de Porto Alegre destacam-se os fertilizantes, sal, clínquer e bobinas de papel.

O Porto de Rio Grande conta com um calado de 40 pés. O cais público, chamado de Porto Novo, com 31 pés e 2km de extensão oferece excelente disponibilidade de atracação. É referência para os países do MERCOSUL e também o principal elo de multimodalidade do Estado, fazendo com que parte do sistema rodoviário e ferroviário gaúcho tenha a região como ponto de entroncamento. A multimodalidade do Porto do Rio Grande é um importante fator na redução de custos e no aumento da eficiência logística, segundo a  Superintendência do Porto de Rio Grande - SUPRG . Rio Grande está consolidado como o segundo maior porto brasileiro em movimentação de contêineres e o terceiro em movimentação de cargas, com volume geral que, em 2013, chegou a 33,2 milhões de toneladas. A soja em grão é o principal produto embarcado em toneladas, atingindo 24% do total da movimentação do Porto.

Quanto a malha aeroviária, o estado conta com um conjunto de aeroportos regionais e locais  e um importante aeroporto internacional - o  Aeroporto Internacional Salgado Filho, localizado em Porto Alegre. Os aeroportos em operação no estado servem principalmente a movimentação de passageiros. A movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Salgado Filho, o maior do sistema,  é da ordem de 8 milhões/ano, envolvendo cerca de 88 mil acessos de aeronaves/ano. Já a movimentação de cargas atinge 28.000 t/ano, segundo dados de 2015 da INFRAERO**. O novo terminal de passageiros, concluído em setembro de 2001, tem capacidade para atender uma demanda de até 4 milhões de passageiros/ano, podendo receber até 28 aeronaves de grande porte, simultaneamente.

*a travessia por barcas acabou sendo desativada no início da década de 1960, depois da construção da ponte e da consolidação da hegemonia do transporte rodoviário sobre os demais modais.

**INFRAERO. Anuário Estatístico Operacional 2015. DG/DGDR/DRCD. Brasília, abril de 2016

Movimentação total de mercadorias do Porto do Rio Grande 2000-2013 (mil toneladas)
Movimentação total de mercadorias do Porto do Rio Grande 2000-2013 (mil toneladas)
Fonte: SUPRG 2014

Movimentação de mercadorias por segmento de carga no Porto do Rio Grande 2013 (toneladas)
Movimentação de mercadorias  por segmento de carga no Porto do Rio Grande 2013 (toneladas)
Fonte: SUPRG 2014

Movimento dos principais aeroportos do Rio Grande do Sul em 2012
Movimento dos principais aeroportos do Rio Grande do Sul em 2012

Fonte: SEINFRA/DAP - 2012
*com movimentação de mais de 1.000 passageiros/ano

Arquivos para download

Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul